Menu principal
 

Campus Santa Rosa do Sul

terça-feira, 13 de maio de 2014

Contato

www.santarosa.ifc.edu.br

Rua das Rosas, s/nº – Vila Nova – Santa Rosa do Sul/SC – CEP: 88.965-000

(48) 3534-8000 / contato@santarosa.ifc.edu.br

Diretor-geral: Deivi de Oliveira Scarpari

 

História

A antiga Escola Agrotécnica Federal de Sombrio (EAFS/SC), hoje Instituto Federal Catarinense – Campus Santa Rosa do Sul, está localizada a 15 km da rodovia BR-101, no município de Santa Rosa do Sul, um dos 15 municípios que fazem parte da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (AMESC). A escola foi criada, primeiramente, com o objetivo de atuar como uma Unidade de Ensino Descentralizada da Escola Técnica Federal de Santa Catarina, localizada em Florianópolis. A EAFS/SC foi inaugurada em 5 de abril de 1993, passando mais tarde a ser denominada Escola Agrotécnica Federal de Sombrio por meio da Lei nº 8.670, de 30/06/93. Foi transformada em Autarquia Federal, com a mesma denominação de Escola, em 16/11/93, por meio da Lei nº 8.731. Em 28 de março de 1994 entrou em funcionamento. A então EAFS/SC, desde o início das suas atividades, ofereceu o Ensino Médio e também cursos técnicos.

Foi em consonância com o perfil produtivo da região que, na década de 1990, reuniram-se esforços para a instalação de uma escola profissionalizante da rede federal de ensino no extremo sul catarinense. Inaugurada em 1993, a então Escola Agrotécnica Federal de Sombrio era a única instituição federal de ensino técnico a atuar no sul de Santa Catarina.

O Campus Sombrio, além da unidade central localizada no município de Santa Rosa do Sul, possui uma unidade descentralizada, no município de Sombrio. Foi pioneiro na oferta do Curso Técnico de Turismo e Hospitalidade, com ênfase no Turismo Rural, como forma de aliar o aproveitamento dos potenciais naturais da região “entre a serra e o mar” com a agropecuária, criando condições para diversificação e elevação do valor agregado das atividades rurais.

Atualmente, a Instituição possui uma área total de 204 hectares em sua sede, no município de Santa Rosa do Sul. Destes, 17.065 m2 compõem a sua área construída, que é constituída de diversos ambientes pedagógicos e administrativos, tais como salas de aula, laboratórios, biblioteca, auditórios, ambientes poliesportivos e unidades didáticas, entre outros. O campus conta também com a sua nova unidade descentralizada no município de Sombrio, que dispõe de 1.008,54 m2 de área construída, composta de salas de aula, biblioteca, laboratórios e ambientes administrativos diversos.

Em 2009, a Escola Agrotécnica Federal transformou-se num campus do Instituto Federal Catarinense, atendendo à chamada pública da SETEC/MEC para que as escolas agrícolas se tornassem institutos e assim tivessem a possibilidade de oferecer cursos superiores à comunidade.