Menu principal
 

Sultanato de Omã oferta bolsas de estudos

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

omaO Sultanato de Omã está com processo aberto para a oferta de bolsas de estudos para diversas universidades do país para o ano acadêmico de 2016/2017. O comunicado é da Assessoria Internacional do Ministério da Educação (MEC), que recebeu comunicação da Divisão de Temas Educacionais do Ministério das Relações Exteriores.

Podem concorrer a bolsa, o candidato deverá contar com 25 anos incompletos em 01/10/2016, preencher o formulário de inscrição (em inglês ou árabe) e apresentar tradução dos certificados acadêmicos em inglês e árabe, com indicação clara do percentual de aproveitamento alcançado nos estudos.

As datas para recebimento de candidaturas para o primeiro e segundo semestres são, respectivamente, até 09 de setembro e até 15 de novembro. Serão oferecidos cursos que, para admissão, necessitariam de aproveitamento escolar mínimo em Estudos Religiosos (65%); Alta Tecnologia (75%); Ciências Aplicadas (75%); Bancos e Estudos Financeiros (70%); Instituições Privadas de Ensino Superior (80%).

É importante saber que os cursos universitários em Omã são geralmente ministrados em inglês.

IMPORTANTE: Os certificados emitidos no Brasil ou em outros países deverão ser revalidados pelo Ministério da Educação correspondente. Portanto, o candidato deve estar ciente que a participação em qualquer dos cursos não gera expectativa de validação de títulos.

Os candidatos selecionados serão contemplados com uma bolsa mensal no valor de RO 200 (cerca de US$ 518), para pagamento de aluguel, transporte, alimentação e outras despesas. Receberão, ainda, uma passagem aérea anual de ida e volta ao país de origem e terão acesso gratuito aos hospitais de Omã, exceto para quem sofrer acidente em carro não assegurado ou cujo condutor não tenha carteira de motorista válida.

Mais informações no Ofício-Circular 21. 2016 GAB/SETEC/SETEC/MEC

Saiba mais sobre o país: http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/ficha-pais/5615-sultanato-de-oma

*Texto: Cecom/Reitoria, com informações do MEC.

**Imagem: Divulgação.