Reitoria recebe equipe de planejamento do IFPR

quarta-feira, 11 de junho de 2014

A equipe organizadora do Planejamento Estratégico do Instituto Federal Catarinense (IFC) recebeu nesta sexta-feira (01/02), na Reitoria em Blumenau, a visita técnica do pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Bruno Faraco, e do professor Bruno Erno Steckling, ambos do Instituto Federal do Paraná (IFPR). O objetivo da visita foi a troca de experiência e vivências no processo de implantação do Planejamento Estratégico Institucional.

Faraco e Steckling relataram sobre a experiência do IFPR e frisaram que a sensibilização é fundamental na construção do Planejamento Estratégico. “Além disso, a formação para os gestores é primordial antes, durante e depois do planejamento”, disse Faraco.

Segundo os servidores do IFPR, a busca de informações sobre planejamento estratégico iniciou na Universidade Federal de Santa Catarina, por ser uma unidade federal com um setor consolidado voltado ao planejamento. “O primeiro passo no processo de construção do Planejamento Estratégico é a formação dos gestores”, salientou.

Durante a visita, foram apresentadas as etapas do processo adotado pelo IFPR: sensibilização, elaboração do documento e implementação; metodologias utilizadas para promover a participação da comunidade interna; formas de acompanhamento e controle (indicadores); canais de comunicação utilizados para a divulgação do processo; formação da equipe responsável em organizar o processo; servidores que elaboraram o documento; resultados obtidos até o momento; resistências; estrutura e funcionamento da unidade responsável pelo planejamento.

De acordo com Faraco, o Planejamento Estratégico é um ganho de médio e longo prazo. “É preciso desenvolver em nossas instituições a cultura do planejar”.

Steckling relatou sobre os procedimentos de Planejamento, Implementação e Controle, além da necessidade de uma estrutura de Comunicação e TI para que a equipe de planejamento consiga acompanhar e divulgar os projetos e resultados. “A mensuração de resultados é fundamental, porém é preciso entender que essa mensuração não é para punir, e sim para avaliar os resultados em busca de novas estratégias”, finalizou.

 

 

 

Postado em 04/02/2013

Por Nicole Trevisol

Jornalista SC 02499-JP

Migrado do Site Antigo em 11/06/2014